Pages

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

merdas que me afetam

Eu já o conhecia, mas nunca fomos amigos.Não grandes amigos. Trocávamos raras palavras, na verdade, cumprimentos, e ele nunca foi de chamar muita atenção. Com um jeito calado, mas sempre atencioso a qualquer coisa que eu falasse, uma aproximação aconteceu, mas não tão importante para que pudéssemos falar de algo que é pessoal - como minha orientação sexual. Foi então que as coisas foram mudando, e uma intimidade - não da minha parte - foi brotando de uma forma natural, mas originada por ele, e quando eu menos esperava eu já era o seu confidente e todos os problemas já passaram ser do meu conhecimento, mas eu me mantive calado em relação a minha vida. Todas as conversas eram recheadas de toques carinhosos, de palavras gentis e de um carinho incomensurável. Passei a ser convidado para estar presente, mas mantive a distância necessária, afinal eu já estava desejando aquele corpo e eu não poderia tê-lo, e limitei-me a falar com ele pelo MSN. Em uma dessas conversas ele perguntou se poderia vir a minha casa e eu disse "não" pois estava na casa do meu irmão e ele se ofereceu para ir até lá, pois precisava MUITO falar comigo. Por medo, marquei em um território neutro, em uma praça.
Chegando lá, ele me abraçou e este abraço durou um certo tempo, o que me incomodou de início, e ele começou a me agradecer por ter aceitado o encontro, pois o que ele tinha para falar era MUITO importante e não poderia ser dito a outra pessoa.
- Eu estou sentindo um tesão filho da puta por você - disse ele sem pausa - e há muito tempo que eu estou sentindo isso, mas reprimindo a cada encontro, mas chegou um momento que não aguento mais reprimir e estou te contando.
Eu fiquei com cara de quem morreu e não queria ser ressuscitado, e pensei em muitas coisas, inclusive na namorada dele, que era tão legal - só a tinha visto uma vez, mas ela disse que adorou me conhecer - e em todas as possibilidades de experimentar algo que eu também desejava. Como não sou santo mandei "Então vamos para um motel resolver este problema de tesão".
Problema resolvido, cada um para o seu lado e achei que seria a última vez. Não foi. Matar a sede de sexo tornou-se comum, diria semanal, fora os encontros quase diários, e a preocupação dele em sempre querer saber como eu estava. Deixou de ser apenas sexo, e ele passou a ser um cara presente em minha vida, compartilhando os problemas dele e eu os meus - passamos a ser um casal. 
"PORRA!" Eu pensei. Não posso ser um casal com alguém que já tem o seu par. Posso?! Mas o meu problema se tornou maior, quando eu estava assistindo o show da Vanessa da Mata, e acabei transformando a canção dela em nosso tema - minha vida tem trilha sonora, ok?! Eu acho cool - e me peguei cantarolando "como pode ser gostar de alguém e esse tal alguém não ser seu". Acordei! Arrumar uma canção para o casal é um dos VÁRIOS sinais de paixonite. Descobri que a droga de algum sentimento estava vivo aqui, no meu peito, e que chegou sem eu dar conta e foi se instalando em um cantinho, e sem eu perceber, já tinha tomado conta de mim. Não foi por causa do sexo - sim, o sexo é bom -, mas foi pelo carinho dele comigo, mesmo estando entre outras pessoas, pelo cuidado, pelas mensagens no celular, e recados off no msn. 
"ELE TEM ALGUÉM E NÃO VAI LARGAR POR VOCÊ", essa foi a razão gritando, e eu não sou criança para ficar brigando por um brinquedo - EU SEI QUE ELE É MUITO MAIS QUE ISSO - mas saí de cena. Mantenho meu celular off, não entro no msn, e NUNCA passo por lugares onde eu posso encontrá-lo. Medidas extremas sim, mas necessárias para manter-me a salvo de mim mesmo. Instinto de sobrevivência. Ele tem tentado, pois recebo mensagens quando tiro o celular do modo off, e elas vem carregada de saudade, carinho e preocupação. Eu respondi dizendo: "Muitas coisas acontecendo e estou sem tempo. Mas eu vou te explicar tudo quando chegar a hora. Cuide-se".
Há pouco instante recebi a seguinte mensagem dele: "A minha vida não está a mesma coisa sem você. Não deixa o que construímos acabar. Beijos. Te amo".
Tive vontade de devolver a mensagem lembrando-o que não construímos nada, e que ele tem construído algo com a namorada-exu dele, mas achei melhor me calar. O silêncio, neste caso, é a melhor resposta. Mas a única coisa que eu sei neste momento, é que só existirá "nós" quando ele terminar com a namorada e ficar comigo. Não que eu vá exigir, mas acontecerá se ele escolher. Ele tem até janeiro para decidir. Mas isso não sou eu quem irá dizer a ele.
GRITO, GRITO E GRITO!

31 comentários:

  1. É, são escolhas pra vida.

    Resta saber o que ele fará.. até janeiro.

    ResponderExcluir
  2. Hehe... adorei a parte em que fala que já havia escolhido a música pro casal, sintoma de paixonite! Também sou assim... o foda é que geralmente qdo acaba a relação, a coitada da música é banida por um bom tempo!! David Bowie com Absolute Beginners está sofrendo isso neste momento, haha!

    Mas é complicado mesmo... pq nada é perfeito, o cara por quem a gente se apaixona não é completamente livre, desempedido e correspondendo o que sentimos? Um saco isso...

    ResponderExcluir
  3. Oi meu querido...
    Complicado e mais ainda se o outro, que possui o poder de decisão, fica no chove não molha...pelo que entendi o "medo" o faz querer não querendo...mas lhe digo, isso existe em qqr tipo de relação e qdo acontece, é dolorido. Creio e espero que td entre nos eixos pra vcs.
    Bjs meus !

    ResponderExcluir
  4. Putz, passei por uma dessas há muuuuitos 11 anos. O tiozão, casado, queria que eu lhe dissesse que namoraria com ele e seria só dele, pra ele largar da mulher. E eu disse que ele é que tinha que decidir isso antes de querer um comprometimento meu. Continuamos amigos. Ele continua casado.

    ResponderExcluir
  5. Voce está corretíssimo ... ele q se decida ... ele tem q entender q para ser gay tem q ser antes de tudo muito homem ... em todos os sentidos ...

    ;-)

    ResponderExcluir
  6. FODA, muito foda essa situação.
    E tô contigo qto a "fugir" dele..afinal a tentação a gente não enfreta, foge!

    Bjão ao som de Vanessa da Mata, "Ai ai ai ai"..rs

    ResponderExcluir
  7. Olá menino
    Gostei de sua atitude, não devemos fazer com os outras(namorada), aquilo que não gostaríamos que fizessem com a gente.
    Bjão

    ResponderExcluir
  8. Sabe que eu passei por um caso parecido com o seu. Quando me vi também estava apaixonado por aquela pessoa que tinha outra pessoa, não, aquilo não era para mim. Nós brigamos porque eu disse a ele tudo o que achava, ele deu razão a mim, claro. Mas até hoje ele manda uma mensagens do quanto eu sou especial e blá, blá, blá. Mas quer saber? Muito melhor conhecermos pessoas livres sem dividi-las com ngm.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  9. Cara, eu acho que você foi muito corajoso, e correto... Você não pode amar mais uma pessoa do que a si mesmo, e agindo dessa maneira, ele está brincando com os teus sentimentos, e com os sentimentos da namorada dele, que não tem nada a ver com essa história toda... Não estou dizendo que ele faz isso de propósito, ele também está sofrendo, ele é mais uma vítima da sociedade intolerante em que vivemos. A questão agora é o que vai pesar mais na balança dele: O amor que ele sente por você, ou o medo de ser excluido e enfrentar todos os preconceitos que um homossexual sofre. O mais trsite disso tudo é você no meio dessa história toda, dependendo da decisão dele!!!

    Boa sorte... Um abraço, até o próximo!!!

    ResponderExcluir
  10. você agiu bem mesmo porque ele quer o que? se tivesse esse amor todo estava contigo e nao com a namorada-exu dele


    e feliz dia do homem aqui: http://justoedigno.blogspot.com/2010/11/feliz-dia-do-homem.html
    aqui: http://soap-oprah.blogspot.com/2010/11/from-heaven-without-wings-capitulo-07.html
    e aqui: http://28.media.tumblr.com/tumblr_lamgg7y42t1qzhm51o1_400.gif

    ResponderExcluir
  11. Pessoa comprometida - Armadilha de satanás

    Pessoa comprometida com uma mulher - Armadilha DUPLA de satanás.

    Não vale a pena se relacionar com pessoas comprometidas. Por mais carinho que eles demonstrem, sempre acabamos como o outro.

    Um beijo Visão

    ResponderExcluir
  12. PORRA, QUE DELÍCIA DE HISTÓRIA!!!

    Quanto a se afastar, acho que você tem razão, mas senti que faltou você dizer a ele por que decidiu isso. Você não precisa exigir que ele largue a namorada, como vc mesmo falou, mas deixe claro que não ficará mais com ele POR CAUSA disso. Aí, sim, cabe a ele escolher. Mas se ele nem souber que essa decisão precisa ser tomada...

    ResponderExcluir
  13. ora
    pq vc não diz q enquanto ele tiver namorada não rola?
    vc já decidiu se afastar, pelo menos vc explica pq...

    ou seu medo é q ele troque ela por vc?

    ResponderExcluir
  14. AMOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOORRRRR

    VC VOLTOOOOOOOOOOUUUUUUUU???????????

    MOOORIIIIIIIIIIIII!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  15. Teeeeenso! EU adorei sua atitude! Assim que se faz. Cara, confie no seu taco. E se não rolar, não se preocupe... Algo que eu, esse cara apedrejado pelo amor, aprendi com o tempo é que existem muitos peixes no mar ;)

    ~Até a próxima e obrigado pelo seu comentário no meu blog!

    *DB*

    ResponderExcluir
  16. Perguntinha besta
    Se ele largar a namorada, você conseguirá confiar?

    ResponderExcluir
  17. Gostei da atitude..
    parabens

    bjs
    Insana

    ResponderExcluir
  18. Eu espero que ele decida pelo amor mesmo, se ele te ama como disse, mas dê algum sinal neah, lute por isso também, aiaiai! beijos!

    ResponderExcluir
  19. Putz.. te entendo com a minha vida.. pula a música que EU escolhi neste meu ataul(?) rolo... E há escolhas que são mesmo do cara.. sorte aí. Bj!

    ResponderExcluir
  20. Não me xingue pelo amor... mas não acha que está sendo orgulhoso demais? Se você tem um sentimento aí no peito... porque não conversar e esclarecê-lo antes do fim do que seria um relacionamento feliz e duradouro? Pense nisso... não sofra gratuitamente... se sofrer depois... que seja por sentir falta de bons momentos!

    ***

    umBeijo!

    ;-D

    ResponderExcluir
  21. Estou com o Arsênico.

    Você passou da linha limite, que foi se envolver com um cara com namorada, agora que vocês já estão enrolados, você precisa manifestar suas opiniões, angústias e etc. É mais fácil ficar quieto e esperá-lo decidir, assim você se priva de qualquer sentimento de culpa, mas também se abstém da sua responsabilidade neste relacionamento. Querendo ou não vocês construíram algo juntos, agora é hora de assumir o filho feito e ver de q forma vcs podem criá-lo [ou mandá-lo pro orfanato]

    Abs

    ResponderExcluir
  22. Caraca, q história, picante, vibrante, algo de novela das 8...
    Boa sorte

    ResponderExcluir
  23. Tô com Arsênio e com Unwelt, pelo que li vc se afastou sem conversar,esclarecer o que estava te incomodando, o que não foi dito nem comentado quando vcs começaram a se envolver. Se afastar e esperar que o outro resolva algo que nem ele sabe do que se trata fica complicado(mesmo estando na cara,tem gente que é meio lenta). Exponha a situação e dai sim, se ele optar por manter as aparências com a namorada exu,paciência ¬¬

    ResponderExcluir
  24. Mas, e se ele não deixar? E vc não aproveitar esse tempo com ele? Ai...
    O conselho que eu te dou é que o caminho da sua felicidade apenas o seu coração pode guiar (ouvi essa frase numa novela, é meio brega, mas é verdade).
    Besos, e sorte

    ResponderExcluir
  25. Pois é, que história, não? Nem sei o que dizer, mas espero que dê tudo certo. Que bom que você curtiu a "campanha", tive que fazer de repente, mas gostei do resultado, ficou leve e até divertida. Ótimo final de semana!

    ResponderExcluir
  26. Nossa cara, situação dificilima!
    Bem, só espero uma coisa: que você não se machuque. Você não merece isto, mas é bom perceber que você não ficou inteiramente cego por este amor maluco, rs. Pra ser sincero, espero que ele lhe escolha, afinal, pelo visto parece que vcs realmente se gostam. Enfim, decisões difíceis. Vamos esperar por janeiro!

    E uma coisa: Sei que andei muuuuito sumido. Mas a minha vida mudou por completo, e muitas coisas aconteceram. Deixei tudo, msn, blog e etc. Precisava (ou preciso) de um tempo. Mas só qro q saiba uma coisa, nunca me esqueci de você, em diversos momentos você foi um excelente amigo, como sempre.

    Abraços,
    Alan Raspante (este James, é pq usei uma 'conta do blogger' de um colega, hehehe).

    ResponderExcluir
  27. Ai, diz para ele!Nada adianta bancar a fina, se tu sofre a grosso modo!
    Mas quem sou eu pra dizer né?
    Caí aqui vindo do Três egos.
    Cabeça fria.Tenta explicar a verdade, de forma clara e direta.
    Ou um dia,tu corre o risco de achar que você tem culpa por ele ficar com a mulherzinha.Se tu botar as cartas na mesa, e ele decidir manter a postura hetero, ai sim,tu pode sofrer, genuínamene sofrer...
    As vezes, o outro só precisa de uma palavra, uma certeza, para fazer as escolhas mais importantes de suas vidas.
    bjo
    Espero ter ajudado.Muitas vezes sou meio estupida.Não se ofenda por favor, bjo

    ResponderExcluir
  28. e então? aquele segredo ... foi revelado??? kkkkkkkkkk

    ;-)

    ResponderExcluir
  29. Por favor, urgente!
    hoje todos os jornais estão divulgado MAIS UM ataque na região da Paulista, na Frei Caneca, um skinhead com soco inglês…
    E estamos perdendo feio lá no site do Conselho Regional de Psicologia de Santa Catariana, a maioria na enquete é contra a PL 122/2006. Eu fico me perguntando do que essa gente tem medo. Quem puder, entra lá e vote “SIM”, por favor..
    http://www.crpsc.org.b
    Outra coisa, nem sei se gostam do Jabor nestas bandas, mas o que ele falou e como falou hoje, em nossa defesa, em “Covardes atacam homossexuais corajosos” merece emoção e aplausos. Ouçam no link abaixo:
    http://cbn.globoradio.globo.com/comentaristas/arnaldo-jabor/2010/12/10/COVARDES-ATACAM-NOS-HOMOSSEXUAIS-CORAJOSOS-A-POPRIA-MISERIA-SEXUAL.htm?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter
    Obrigado!
    Ricardo Aguieiras
    aguieiras2002@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  30. olá, sou o gabuh, do antigo blog #prontobloggay, lembra?? estou de volta com um novo espaço. apareça:

    http://comprocliches.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  31. CAAADÊEE A CONTINUAÇÃO DESSA HISTÓRIA???

    ResponderExcluir